23 de dez de 2011

Feliz 2012!


Olá, queridos Baluarteiros! 


O ano de 2011 está chegando ao fim, e é com grande alegria que nós,participantes deste blog, queremos agradecer-lhes por seu apoio em levar nosso trabalho, tão simples, adiante. Saibam que sem vossa ajuda e palpite seria impossível o aprimoramento do mesmo! Aos que nos colaboraram com livros, fica registrado aqui, nossa eterna gratidão, sabendo que dos céus essas bençãos a nós ofertada, lhes será superabundada!

É comum para nós tirarmos um tempo, nem que seja curto, no fim do ano para refletir nos dias que vivemos no ano que passou, relembrar as alegrias de nossas conquistas, a felicidade de estar com nossa família, a saudade dos que partiram, a luta dos que ainda combatem com doenças e outras situações que nos deixam tristes, mas o melhor de tudo, é encontrar em cada uma dessas ações a manifestação do poder de Deus, seu agir, e o seu simples toque nos dá o ar para que possamos viver. E baseadas nessas simples e importantes reflexões é que criamos nossas novas metas e sonhos para o ano que se inicia.

Não é pecado nenhum planejar uma vida feliz, com conquistas e vitórias, porém nós cristãos devemos lembrar que,em todas essas coisas, devemos agradar ao Senhor, entregar-Lhe tudo o que desejamos, e ELE, certamente cumprirá de acordo com SUA sublime vontade, nossos sonhos. É claro que momentos difíceis virão, incertezas também mas Ele não nos abandonará pois sua fidelidade é sem par. Lembrem-se que a única pessoa que atinge seus objetivos exatamente como quer, é aquela que não planeja, pois quem planeja o NADA, no fim NADA terá.


Que em 2012, nós sejamos:  



Assim cumpriremos o seu mandamento de ser Sal e Luz em meio as trevas.

Encerramos nossas publicações deste ano desejando-lhe nossos melhores votos de felicidade no Senhor e que suas bençãos lhes acompanhe todos os dias deste novo ano. Lembrem, Jesus é a única razão para esta estação de festas e alegrias. Tenham todos um Feliz Natal e um Abençoado 2012.

Equipe Baluarte Literário

15 de dez de 2011

2º Sorteio do livro "NÃO JOGUE SUA VIDA FORA"

Boa noite, galera!

Sorteamos novamente o livro "Não jogue sua vida fora" de John Piper. Já que não o ganhador anterior não se manifestou, e não respondeu nossos emails.

Fique atento para que isso não ocorra com você em algum sorteio. Se você tem conta no Facebook, curta a página BALUARTE LITERÁRIO, para ficar mais antenado.

A sorteada é:

LU RODRIGUES

Parabéns!!!  

Entre em contato conosco para anotarmos o endereço para envio.

Deus Abençoe a todos

14 de dez de 2011

Resultado do sorteio do livro "Gênesis 1 & 2: A Mão de Deus na Criação"

Primeiramente, quero agradecer a todos que ajudam o nosso blog, acompanhando as postagens, compartilhando os links, e nessa agitação de torcida em épocas de sorteio. Nossos acessos sobem um bocado. Não ganhamos nada por isso a não ser a riqueza de ser coparticipantes no crescimento espiritual, seja sorteando livros, ou indicando.

Agradeço também ao pessoal da FIEL. Pessoal... prezem por esta editora. Eles fazem jus ao slogan que carregam "Apoiando a Igreja de Cristo".

Bem, por problemas técnicos não conseguimos filmar o programa que faz o sorteio. Portanto, vai ser naquela confiança de cristão mesmo hehe.


TÁSSIA DE SOUSA

PARABÉNS!!!

Aguardamos o contato para envio pelo Correios.

Boa semana a todos.

12 de dez de 2011

Sorteio: GÊNESIS 1 & 2 A MÃO DE DEUS NA CRIAÇÃO

Olá galera! Lembra da surpresa para essa semana?
Primeiramente, olha esse lançamento do Prof. Adauto Lourenço:


Novamente, os amados irmãos da Editora Fiel, nos cederam mais um livro para sorteio. Um dos lançamentos mais desejados do momento, GÊNESIS 1 & 2 A MÃO DE DEUS NA CRIAÇÃO.

Sortearemos na próxima quarta, 14/12/2011.

Para participar é necessário ser seguidor.

Boa semana a todos.

9 de dez de 2011

Resultado do sorteio "Não jogue sua vida fora"

Olá pessoal!
O tão esperado sorteio chegou. Confira no vídeo abaixo o sortudo.
E lembre-se de uma famosa frase "Nenhum livro é seu, mesmo em sua prateleira, até que você o leia". Que seja você abençoado quando ler.

Para você que não ganhou, não fique triste. Anunciaremos brevemente um dos livros mais desejados do momento. Sorteio para a semana que vem. AGUARDE!!!

6 de dez de 2011

Sorteio do livro "NÃO JOGUE SUA VIDA FORA - J. PIPER"


Olá Pessoal!

Estamos encerrando o ano, e gostaríamos de encerrar com um ótimo presente de leitura para o seu Natal.
Esse é o segundo título mais lido no nosso Blog, e vamos sortear entre os seguidores na próxima sexta (09/12).

Se você ainda não é seguidor, clique no botão “Participar deste site” e concorra!

Boa semana a todos!

1 de dez de 2011

O sorriso escondido de Deus – John Piper


Diferentemente dos demais títulos de John Piper, este livro não trata da Alegria ou Satisfação em Cristo (pelo menos não de forma explicita). É bem provável que ao lê-lo você seja tomado por uma comoção, por causa do sofrimento dos personagens, objeto de estudo de John Piper, apesar de não ser esse o intuito do autor.

Piper usa três personagens importantes para a história da igreja (John Bunyan, William Cowper e David Brainerd) para nos passar algumas lições importantes. Uma delas é ilustrada através da vida de Bunyan o escritor de mais de 50 livros, sendo "O Peregrino" o mais conhecido.

Temos muito que aprender da soberania de Deus sobre os fatos. Sempre haverá um propósito bom para todas as coisas que Deus faz, embora que, ao ler a mini-biografia escrita por Piper, você não consegue enxergar isso. Onde está o propósito bom no sofrimento de Bunyan? Ao contrário do que muita gente pensa, nem sempre o plano de Deus é expor um cristão ao sofrimento para glorificá-lo através do livramento. Ele pode glorificá-lo através da morte também. O livramento acontece, mas nem sempre é via de regra. Muitos tropeçam aqui e acabam negando a soberania de Deus sobre os fatos, tentado justificar que Deus não é “mal” a tal ponto. Mas Bunyan não. Com todo o seu sofrimento, jamais colocou em dúvida a soberania de Deus. A resposta que temos é que, com o sofrimento deste homem, muitos outros (além da sua congregação) tiveram sua fé aprimorada. Edwards escreveu que “O Peregrino” tinha cheiro de prisão, foi lá que este livro foi escrito, fruto do seu sofrimento, que ecoa até aos dias de hoje.

Não somente Bunyan foi aflingido até o fim de sua vida, mas também Cowper com sua doença, incurável, e Brainerd que faleceu com apenas 29 anos.

Porque você deveria ler um livro que parece tão triste, de um autor que é expert em “Alegria”? O próprio autor responderia com um só parágrafo:

“O fruto da aflição de William Cowper é um chamada a que nos libertemos de um culto trivial e vivaz. Já que a vida cristã tornou moderno, no ocidente, o caminho do lazer e da diversão, o culto corporativo tem sido local de crescente entretenimento. A luta não é entre a música contemporânea no culto e hinos; o problema é que não existem mártires suficiente durante a semana. Se não há soldados perecendo, o que você deseja no domingo é o Faustão e algumas meninas bonitas, não o capelão militar e o cirurgião” (pg. 187). (Com certeza o Faustão aqui é uma ilustração do tradutor e não de J. Piper)

Meu caro irmão, Piper faz uma chamada séria com este livro. Esse nosso jeito ocidental moderno de viver o evangelho é perigoso. Não nos damos o luxo de sofrer. Não pregamos em alguns lugares carentes porque é inseguro. Mudamo-nos quando encontramos vizinhos chatos. Abandonamos relacionamentos difíceis. Tudo para não cairmos em sofrimento.

Leia este livro. Certamente há lições para toda uma vida aqui.

21 de nov de 2011

O Chamado Para o Ministério - Charles H. Spurgeon

Certa vez, em um acampamento de adolescentes, foi-nos pedido para responder “o que queríamos ser quando crescer”. Eu escrevi que queria ser pastor. Todos ficaram muito felizes, os líderes do acampamento me congratularam. Eu tinha uns 13 anos.

Depois disso, por vezes me perguntei por que respondi aquilo. Sinceramente não consigo me lembrar o por quê. Sempre tive vontade de servir mais ao Senhor, e ainda tenho. Talvez, na empolgação de novo convertido, eu julgasse que para servir ao Senhor precisava ser um ministro. Ou talvez só quisesse aparecer. De qualquer maneira eu não entendia que, para servir ao Senhor e ao seu reino, não é necessário se tornar um presbítero ou pastor.

Eu já vi alguns jovens querendo ser pastores e indo para o seminário para isso. Diversas vezes quando os ouço pregar ou quando vejo a relação deles com outras pessoas duvido seriamente que Deus os tenha chamado para o ministério.

Nesse livreto o grande pregador e pastor Charles Spurgeon vai ajudar jovens a julgarem se realmente Deus os tem chamado ao ministério como fez a Paulo e a Sóstenes: “Que os homens nos considerem como ministros de Cristo, e despenseiros dos mistérios de Deus" (1 Co 4:1).

Errar nesse chamado é algo grave e prejudicial. Veja o que ele diz:

“Como pode o jovem saber se é vocacionado ou não? É uma indagação ponderável, ... O fato de que centenas perderam o rumo e tropeçaram num púlpito está patenteado tristemente nos ministérios infrutíferos e nas igrejas decadentes que nos cercam. Errar na vocação é terrível calamidade para o homem, e, para a igreja sobre a qual ele se impõe, seu erro envolve aflição das mais dolorosas.”

Você já tem certeza que é um vocacionado?

Recomendo muito esse livreto! Eu consegui encontrá-lo na livraria Erdos. É publicado pela editora PES.

11 de nov de 2011

O Cristianismo Através dos Séculos –Earle E. Cairns

Shalom leitores,

Após um longo feriado, estamos de volta e com mais uma indicação de uma boa leitura para outro looongo feriado. ;-) Ê Brasil!

Eu não sei quanto a você leitor, mas eu tenho uma certa curiosidade em saber a origem das coisas, de onde vieram, por que surgiram, como e quando... Essas e outras questões, com certeza aguçam meu instinto “detetive” de ser. Por isso, nesta semana, quero indicar pra vocês, um clássico da literatura cristã, uma obra que já foi impressa e reimpressa durante os últimos 20 anos e se tornou indispensável para muitos historiadores, teólogos, estudantes e curiosos que buscam conhecer mais sobre as origens da tão famosa Igreja Cristã.

O Cristianismo através dos séculos, escrito por Earle Cairns, o qual é professor emérito do Wheaton College e membro da academia americana de História da Igreja, é um livro que aborda temas novos e relevantes ao mundo cristão, sem contar com as imagens e mapas atuais que estão presentes nas páginas deste livro.

O que me fascina nesta obra, é a simplicidade do autor em explanar as diversas eras da igreja, de forma concisa e esclarecedora.

Cada página do livro traz conhecimentos ricos e importantes para nós, devoradores de livros. No faz entender o que de fato FOI e É, bem, pelo menos era para ser, o chamado cristianismo. Nos faz entender que a fé cristã, a qual os primeiros cristãos defenderam, vai além das quatro paredes que chamamos ‘igreja’ou das denominações em que nos rotulamos hoje. Nos faz entender como foi e pra que serviu a tal Reforma Protestante, nos faz perceber em todas as epócas a Providência de Deus para com os seus.

Adquira o seu, e aproveite o looongo feriado para conhecer mais sobre está fé que defendemos e acima de tudo glorifaca-LO, por sua misericórdia que tem sido conosco através dos séculos.

Loja virtual: Vida Nova

26 de out de 2011

Cristianismo Criativo? - Steve Turner

Pessoal, bom estar aqui outra vez.

No meio cristão reformado da atualidade, muito se tem ouvido sobre o conceito de “Cosmovisão Cristã”, para este, entendemos a importância de ver Deus em todas as áreas da vida.

Mas parece que isto é algo difícil para a maioria das pessoas, sobretudo por costumarmos fazer distinção entre a nossa cultura como aquilo que é de Deus e aquilo que não é. Parece difícil enxergar Deus, por exemplo, nas artes, e em tudo aquilo que denominamos secular.

É por isto que eu quis indicar o livro “Cristianismo Criativo” pra vocês. O autor é Steve Turner, jornalista que é conhecido por freqüentar o mundo das artes e da música no cenário inglês. Seu objetivo no livro é enfatizar que tendo Deus como Senhor da vida e da criação, podemos e devemos enxergá-lo nas artes seculares porque ela é manifestação da Sua graça na vida das pessoas.

O livro também possui um viés biográfico, visto que conta muitas experiências observadas ao longo da profissão, sendo a maioria delas do grupo musical U2, bastante conhecido no mundo da música.

A leitura é prazerosa e nos faz pensar numa dimensão mais abrangente do mundo, tendo como foco a glorificação do Senhor Jesus Cristo, é claro! Espero que gostem da leitura tanto quanto eu gostei.

Adquirir aqui

21 de out de 2011

JOHN PIPER - O AUTOR E SUAS OBRAS


Neste mês de outubro, o Brasil recebeu um dos mais conceituados escritores, e também pregador, John Piper.

Ele pregou na conferência Fiel para líderes em Águas de Lindóia, na Mackenzie em São Paulo, e no Rio Centro, Rio de Janeiro. Tive a oportunidade de ouvi-lo no Rio de Janeiro com o tema “O propósito mais importante do mundo: A Alegria”. Piper usou nessa preleção algumas idéias do livro “Plena Satisfação em Deus”. E certamente de outros livros que, eu confesso não ter lido. Este assunto é sua especialidade, publicada em uma variedade incrível de outros títulos:


Um dos aspectos mais interessantes, que Piper afirma sobre a “Alegria” é que esta tem caráter de mandamento da parte de Deus. Quando ele diz “Celebrai com jubilo ao Senhor...” “Alegrem-se os céus, regozijem-se a terra...”, são frases imperativas, não é uma simples recomendação. Essa afirmação contradiz o que muitos cristãos pensam sobre a “Alegria”, alguns inclusive chegam a pensar que isto é coisa guardada para o céu, e que a busca disso é pecado. Isso porque a “Alegria” é muitas vezes associada com prazeres perniciosos dessa vida.

Piper ainda faz uma aplicação entre o texto de Deuteronômio 28:47-48 com as conseqüências para o cristão que descumpre a ordem do Senhor de servi-lo com alegria:

“Porquanto não serviste ao SENHOR teu Deus com alegria e bondade de coração, pela abundância de tudo. Assim servirás aos teus inimigos, que o SENHOR enviará contra ti, com fome e com sede, e com nudez, e com falta de tudo; e sobre o teu pescoço porá um jugo de ferro, até que te tenha destruído.”

Mas isto é só uma palhinha para incentivá-lo a adquirir literaturas desse ótimo autor.

Sorteio

Vamos aproveitar a oportunidade para sortear o livro, que deveria ser sorteado em Setembro, que não ocorreu por causa da greve dos correios. E claro, sortearemos um lançamento do autor em questão, "FINALMENTE VIVOS":
Sorteio Outubro from Celso de Souza on Vimeo.

14 de out de 2011

O evangelho de hoje: Autêntico ou Sintético - Walter J. Chantry

Se algum desconhecido lhe perguntasse: “como faço para ir para o céu?”, o que você responderia? Tente responder essa pergunta agora, pare de ler um instante e responda a si mesmo o que você falaria? Quais seriam os tópicos da sua fala?

Eu confesso que o que eu falaria mudou significativamente depois de ler esse livro. Eu já presenciei e participei de diversas campanhas e eventos de evangelização. Nesses eventos centenas de pessoas tomaram uma “decisão por Cristo”. Não é fácil ler um livro que critica o que aceitamos. Mas eu aconselho, dê uma chance a esse livro, não o rejeite de cara. Seja um bereano!

Nossa igreja tem uma congregação em um bairro pobre de São José dos Campos. A um quarteirão de distância existe uma avenida chamada “Av. dos Evangélicos”. Nela existe uma igreja em cada esquina (estou exagerando, claro). Interessante que existe a mesma quantidade de bares. No bairro predomina a violência, a imoralidade, as drogas, o alcoolismo, etc.

Por que há tantos “evangélicos” e tão pouca mudança de vidas e da sociedade?

A provável resposta é que a tradição, a falta de um ensino bíblico e o pragmatismo (seguir uma “receita de bolo” para alcançar um resultado) tem dominado as igrejas evangélicas.

Walter Chantry diz no livro: “Temos herdado um sistema de pregação evangelística que não é bíblico. Esta tradição nem mesmo é antiga ... São inovações recentes. Pior ainda, não procedem das Escrituras...”

O autor é especifico para o método de evangelização atual: “Você acredita que é um pecador? Acredita que Cristo morreu em favor dos pecadores? Você aceita a Jesus como seu Salvador pessoal? Agora, faça essa oração junto comigo... Então, o evangelista ... assegura ao pecador, com toda a autoridade de Deus, que ele acaba de ser salvo... Assim, eles demonstram que ‘aceitar a salvação’ requer somente uma resposta externa e uma simples oração... Esta prática [é] herética e destruidora de almas...”

Mas Deus, na sua misericórdia, pode salvar pessoas assim. O Pr. Paul Washer na famosa “pregação chocante” diz que Deus não salva por causa desse tipo de pregação, mas apesar desse tipo de pregação.

Mas como devemos evangelizar então? Como Jesus e os apóstolos evangelizavam? Como são as conversões na Bíblia?

No capítulo 10 do evangelho de Marcos, o próprio Jesus responde àquela primeira pergunta no início desse post. Através da história do “jovem rico”, Walter Chantry vai explicar como evangelizar biblicamente, expondo os “elementos essenciais à pregação do evangelho, os quais podem ser encontrados em todas as partes do Novo Testamento.”

O livro é útil também para analisarmos a nossa própria conversão (II Co 13:5).

Recomendo essa leitura. Não tenha medo de buscar a verdade mesmo se precisar quebrar com tradições e paradigmas! Que busquemos a glória de Deus e amemos as almas perdidas!

Você pode adquiri-lo aqui.

7 de out de 2011

SEIS HORAS DE UMA SEXTA-FEIRA - MAX LUCADO


Shalom Leitores,

Essa, de fato foi uma semana bem agitada para mim, e creio que para vocês, leitores, também. E que venha a SEXTA-FEIRA, e o fim de semana! Aproveitar a família, amigos, igreja... NOSSA! É sempre muito bom não é?!

Mas com todo esse corre-corre da vida, fico a pensar, de que realmente vale, tudo o que fazemos nesta vida? Será que algo que fazemos, de fato é alguma coisa para Deus?

Minha opnião, é NÃO! Eu na minha condição de pecadora nascida de novo, creio que, o que fazemos pela causa de Cristo, não passa do nosso DEVER, e chega a ser o mínimo do mínimo que possamos fazer para aquele que fez tudo por nós. Afinal, estávamos MORTOS em nossos pecados, e ELE nos deu VIDA.

E para relembrar esse MARAVILHOSO AMOR, indico um livro pequeno escrito pelo Rev. Max Lucado, por nome: SEIS HORAS DE UMA SEXTA-FEIRA, que com certeza vai fazer você pensar nas sextas-feiras de um jeito diferente. Não serão mais apenas dias de alívio de uma semana agita, mas também uma LEMBRANÇA de que foi numa sexta-feira que houve o PERDÃO dos seus pecados para sempre. Uma demonstração de verdadeiro AMOR.

O livro narra detalhadamente os acontecimento das 6 horas em que Cristo, passou pela dor de carregar nossos pecados, vale a pena conferir ;]

“Seis horas de uma sexta-feira é uma jornada sublime aos pés da cruz, lugar no qual derrota aparente é transformada em vitória. Ali as lágrimas têm prazo de validade e darão lugar à celebração da alegria. Abra seu coração e encontre descanso e esperança na presença do Senhor.” Max Lucado

30 de set de 2011

Torturado por sua fé - Haralan Popov

Olá, nobres leitores,

É com grande pesar no coração que nós, cristãos brasileiros, assistimos nesses últimos dias ao relato sobre o Pr. Youcef Nadarkhani, que foi condenado à Pena de Morte no Irã, caso não negasse a Cristo Jesus como Soberano Senhor e Salvador do mundo.
Este relato me faz lembrar bastante o Pr. Haralan Popov, que é um cristão severamente perseguido na Bulgária. Interessante notar que sempre achamos que este tipo de perseguição se limitou aos pais da igreja, ou aos revolucionadores da reforma protestante, quando na verdade, muitos cristãos estão sendo perseguidos na atualidade.
Somos privilegiados aqui no Brasil. Ainda temos a benção de proclamarmos o Senhor Jesus Cristo sem que sejamos condenados à morte. Mas talvez essa liberdade religiosa esteja por triz e logo logo tenhamos de nos reunir debaixo das catacumbas, como muitos irmãos romanos fizeram no passado.
Por isso, encorajo você a se debruçar no maior número possível de biografias como as do Pr. Haralan, de pessoas que não temeram a homens, mas estiveram dispostos a dar a própria vida pelo nome do Senhor Jesus Cristo. Suas vidas, certamente, são motivos de exemplos para todos nós. E quando a adversidade chegar para nós, como chegou para o Pr. Youcef Nadarkhani, ouçamos a consolação do Espírito Santo de Deus:
“...Alegrai-vos na medida em que sois co-participantes dos sofrimentos de Cristo, para que também, na revelação de sua glória, vos alegreis exultando. Se, pelo nome de Cristo, sois injuriados, bem-aventurado sois, porque sobre vós repousa o Espírito da glória e de Deus. Não sofra, porém, nenhum de vós como assassino, ou ladrão, ou malfeitor, ou como quem se intromete em negócios de outrem; mas, se sofrer como cristão, não se envergonhe disso; antes, glorifique a Deus com esse nome”. (1 Pedro 4.13-16)

Adquira aqui

29 de set de 2011

Sentença de Pr Youcef Nadarkhani pode ser revogada


Queridos amigos,

Estamos em estado de URGÊNCIA pedindo a todos que preencham o abaixo-assinado para o EMBAIXADOR DO IRÃ em favor do nosso irmão YOUSEF.

Atenção para as orientacoes de como fazer:

1) vc deve abrir nesse link: ( Clique aqui)
2) preencha os espaços requeridos com seus dados pessoais: nome, sobrenome, endereço, Cidade, CEP e email.
3) no espaço onde está escrito ADD YOUR MESSAGE HERE, copie e cole o email abaixo (favor, nao acrescentar nada alem do que já está escrito)

Your Excellency, the Ambassador of Iran

Dear Sir,

Along with many other people around the world, I have been following with great concern the case of Pastor Yousef Nadarkhani, who is being tried by a court in Rasht due to his religious beliefs.

I am writing to express my concern and hope that the court will drop all charges against Pastor Yousef, in accordance with international law and especially Iranian law and constitution, which clearly allows freedom for Christians to maintain their religious beliefs and practices.

I am also requesting Your Excellency to pass on my appeal and that of many others to the Iranian government, as a matter of great urgency in this case, so that an innocent person may not be condemned and the constitution of Iran may not be violated.

I am very grateful for your attention to this request.

Respectfully and sincerely,

4) Quando preencher todas as linhas, envie seu email ( send YOUR email)


Entenda o caso:

Poucos dias depois que o Irã libertou dois norte-americanos acusados de espionagem no país, um tribunal iraniano confirmou a acusação de apostasia contra o pastor Yousef Nadarkhani e sentenciou à morte.

O tribunal da província de Gilan determinou que o pastor Nadarkhani devia negar sua fé em Jesus Cristo, pois ele vem de uma família de ascendência islâmica. O SupremoTribunal do Irã disse anteriormente que não deveriam determinar se o pastor Yousef tinha sido muçulmano ou não em sua conversão.

No entanto, os juízes exigiram que ele se retratasse de sua fé em Cristo antes mesmo de terem provas contra ele. Os juízes afirmaram que, embora o julgamento vá contra as atuais leis iranianas e internacionais, eles precisam manter a decisão do Tribunal Supremo em Qom.

Quando pediram a ele para que se “arrependesse” diante dos juízes, Yousef disse: “Arrependimento significar voltar. Eu devo voltar para o quê? Para a blasfêmia que vivia antes de conhecer a Cristo?” Os juízes responderam: “você deve voltar para a religião dos seus antepassados, deve voltar ao Islã”. Yousef ouviu e respondeu: “Eu não posso fazer isso.”

Família:

O pastor Yousef conseguiu ver seus filhos pela primeira vez desde março. Ele estava de bom humor e falava de sua enorme vontade de servir a Igreja depois que fosse libertado da prisão.

O pastor Yousef enfrentará duas “audiências’ adicionais hoje (27) e amanhã (28 de setembro) com o propósito principal de o fazerem negar sua fé cristã. Os advogados do pastor Yousef tentarão apelar para que revejam a sentença, mas se o tribunal agir segundo sua própria interpretação da Sharia (lei islâmica), Yousef pode ser executado amanhã.

Tecnicamente, não há mais direitos para recursos e sob a interpretação da lei da Sharia, o pastor Yousef tinha direito a três chances de se retratar. Amanhã será sua última chance de se retratar. Depois, ele poderá ser executado a qualquer momento.

Ore pelo pastor Yousef Nadarkhani, para que Deus o proteja e o livre da sentença de mortee possa ser liberto da prisão. Envolva mais pessoas para, juntos, intercedermos pelo nosso irmão.
  
Publicado originamente no Pulpito Cristão.

23 de set de 2011

Manuel, o Índio Diplomata – Hugh Stevens



Esse livro é muito especial para mim. Talvez foi o primeiro da minha biblioteca. Ele é especial também por causa da pessoa que meu deu. Foi o Pr Ricardo Denham, fundador da Editora Fiel. Eu era um jovem de 13 anos recém convertido quando recebi o livro de suas mãos. A dedicatória diz o seguinte: “Para o jovem irmão Nicolas. Jesus disse: “àquele a quem muito foi dado, muito lhe será exigido; e àquele a quem muito se confia, muito mais lhe pedirão.” Lc 12:48 - ass. pr Ricardo 16/04/1996”.

Nessa época a ed. Fiel já tinha publicado centenas de livros. Pr. Ricardo poderia escolher qualquer livro para me oferecer. Eu fico me perguntando por que ele me ofereceu esse? E por que ele colocou esse versículo na dedicatória?

O livro conta a história de Manuel, um índio mexicano da tribo Totonaca. Ainda menino foi salvo pelo evangelho de Cristo através de missionários na sua aldeia. O povo Totonaca é um povo supersticioso, oprimido pelo alcoolismo e pela pobreza. Manuel foi estudar na cidade. Era muito inteligente. Seu esforço e talento o fizeram chegar ao topo: uma bolsa de estudo no MIT. Essa é simplesmente a melhor escola de engenharia do mundo!

Mas Manuel teve que rejeitar essa oferta, pois Deus o estava chamando para voltar para sua tribo. A necessidade de terminar a tradução do Novo Testamento era urgente e ele precisava ajudar. Depois de terminar o trabalho Manuel voltou a estudar. Tornou-se professor universitário, falava 6 línguas e era respeitado em mais de 25 países. Mas ainda sim, ele resolveu voltar. Regressou ao seu povo e, com muitas dificuldades, fundou uma escola bíblica.

Manuel não perdia as oportunidades. Quando Deus o chamava a seguir a carreira secular ele o fazia com todas as suas forças. Quando Deus o chamava a voltar ao seu povo ele o fazia também com muito empenho. Agora, o que chama a atenção é que ele não perdia as oportunidades de pregar o evangelho! O livro é cheio de histórias de conversões surpreendentes.

Manuel recebeu muito de Deus e devia saber que muito lhe seria cobrado. Ele fez o seu dever e não perdeu as oportunidades. Creio que era isso que o Pr. Ricardo queria me ensinar. Eu também tinha recebido muito, tive muitas oportunidades e acima de tudo tinha recebido a salvação pelo evangelho de Cristo!

A Ed. Fiel tem sido usada por Deus para trazer boa doutrina para pastores e líderes. Tenho ouvido pastores cujos ministérios foram transformados por recuperarem as maravilhosas doutrinas bíblicas que nossos irmãos reformadores tanto lutaram para resgatar.

Porém muita gente pensa que o fundador da Fiel é um grande teólogo que só fala de reforma protestante e de teorias teológicas. Para falar a verdade eu nunca ouvi Pr. Ricardo falar de doutrina, rebuscadamente. Mas o ouvi muitas vezes falar do simples evangelho! Em uma dessas vezes, Deus me salvou! Era comum ele encontrar uma pessoa pela primeira vez e, assim como o índio Manuel, perguntar: “como vai sua alma?”. Eu tive o privilégio de ouvir muitas histórias de conversões quando ele e dona Pérola eram missionários nos rios da Amazônia na década de 50. Ele aproveitou as oportunidades de, através da literatura e boa doutrina, ajudar a reformar a igreja brasileira. Mas não perdia as oportunidades também para pregar o maravilhoso e simples evangelho de Cristo!

Você pode adquirir o livro na loja da Editora Fiel.

14 de set de 2011

Ensinando para transformar vidas – Howard Hendricks


O que ensina, esmere-se no fazê-lo. Rm 12.7a

Já parou pra pensar na responsabilidade que é ser um professor bíblico? Quando um professor está em sala de aula, ele é um porta-voz de Deus aos que estão presentes. Além disso, a Bíblia diz que eles serão cobrados com maior rigor pelo papel que desempenham (Tiago 3:1).

Se você, assim como eu, tem como ministério o ensino da palavra de Deus na EBD, classe infantil, discipulado etc., e deseja servir com amor e esmero, indico a leitura do livro Ensinando para transformar vidas, de Howard Hendricks – Editora Betânia.

A leitura da obra foi requisito de uma disciplina no Seminário. E, apesar da motivação ter surgido de uma obrigação, foi um grande prazer devorar cada uma das dicas que o autor nos dá, pois minhas expectativas quanto a sua leitura eram superadas página a página.

Hendricks, com base na Santa Palavra e por meio de seu testemunho pessoal, nos leva a entender lições que ajudam a melhorar nosso desempenho enquanto professores. Sua proposta inicial é fornecer sete leis que, aplicadas corretamente, nortearão a forma de ensino:
1. Lei do professor;
2. Lei do ensino;
3. Lei da atividade;
4. Lei da comunicação;
5. Lei do coração;
6. Lei da motivação;
7. Lei da preparação prévia.

A base para o entendimento desses ensinamentos é a consciência de que o ensino bíblico não é apenas um repasse de informação, mas um impulsionador de transformação. Trabalhamos não para lotar de conteúdo a cabeça de nossos alunos, mas para que aquele conteúdo cause impacto em suas vidas.

Cada uma dessas leis é tratada separadamente em um capítulo recheado de aplicações práticas e testemunhos e, ao final de cada etapa de leitura, o autor nos fornece uma atividade de reflexão e avaliação de nosso serviço enquanto professores.

É um texto bem democrático, pois seus princípios podem ser aplicados em classes de qualquer faixa etária e maturidade espiritual podendo, inclusive, servir de orientação para quem é professor por profissão também, uma vez que suas observações não são necessariamente voltadas apenas para a Igreja. Hendricks é um professor universitário conceituadíssimo.

Recomendo mesmo a todos os professores seguidores do Baluarte que tenham a feliz experiência de ler este livro, que influenciou positivamente meu modo de ensinar a palavra de Deus. Desde já, desejo uma ótima leitura e deixo meus votos de tornarmos nossas aulas momentos especiais, oportunidade em que somos agentes do Senhor na transformação de vida dos nossos alunos.

“Nossa tarefa não é causar uma boa impressão naqueles a quem ensinamos, mas provocar neles um impacto. Não é apenas convencê-los, mas levá-los a uma transformação de vida”. Howard Hendricks

Foi um prazer! Em Cristo, Deborha.

Este texto é uma contribuição de Deborha Rodrigues, membro da igreja Batista Bíblica em Jurema, Fortaleza, Ceará

6 de set de 2011

O Cordeiro – John R. Cross

Shalom leitores,

Hoje é feriado, OBA!

Ah! O mês de setembro! Para muitos da nossa nação brasileira, esse mês, é um mês de celebração pelos grandes feitos de um príncipe regente, um verdadeiro ‘herói’ que no seu cavalo branco, às margens do riacho Ipiranga, proclamou um... um... feriado?! OPS! NÃO! NÃO! Bom, não é bem assim, o fato é que nós, como brasileiros comemoramos hoje, um vulto histórico, uma manifestação do ideal de ‘independência nacional’, que nos faz sentirmos livres, independentes ou no mínimo relaxados dos nossos afazeres, afinal é feriado! =P.

O que poucos sabem, é que este marco importante para nossa nação, reluta contra o senso comum o qual eterniza D Pedro I, o “valoroso e altruísta príncipe, capaz de sacrificar a própria vida em nome da independência nacional.” Poucos livros de história contam de fato, o que aconteceu ‘por trás dos panos’. E, o que a nós parece um grande feito, para a coroa portuguesa foi apenas a concretização dos ideias da elite agrária e da aristocracia que desejavam o rompimento dos laços coloniais, sem obviamente, afetar a sociedade e a economia da nação. Que espertos hein?!

É, a história nem sempre é justa, e muitas das vezes superlativizam homens com seus feitos, tornando-os heróis. E como a história humana é falha e corrupta, nota-se inúmeras omissões de fatos verídicos, ofuscando o brilho merecido por outros. Importantes ou não, tais ‘heróis’ trouxeram resultado para a sociedade mas seus impactos foram temporários, relativizados ou esquecido, e isso todos nós reconhecemos, mas vamos deixá-los para que a história e seus historiadores os julguem.

Houve, há, e haverá na história um verdadeiro herói que não é apenas fruto da imaginação humana, ou concretização de um plano de uma coroa, não um simples libertador. Tal homem, a história não conseguiu apagar ou enterrar. Depois deste herói, o mundo jamais foi o mesmo, pois seus feitos ultrapassam os séculos e alcançam a própria eternidade. “Pois, qual dos homens é suficientemente poderoso para escapar da morte? Que evoquem príncipes e princesas, reis e rainhas, “Pedros e Napoleões”, Catarinas e Elizabetes”. Ninguém, a despeito de qualquer vantagem que supostamente possuam sobre os menos favorecidos, pode escapar da morte. “

Esse grande herói incomum, escapou. Ele VENCEU a morte, e é claro que você leitor, já sabe a quem me refiro, seu nome é Jesus! Este sim, nos trouxe o sentido da verdadeira liberdade, e independência. “Nos libertou do império das trevas e nos deu perdão e paz.” Jesus Cristo, o cordeiro de Deus, se fez carne e habitou entre nós.


E é sobre esse Cordeiro que nos trouxe liberdade, que o livro, o qual indico esta semana, se refere. Escrito por John Cross e ilustrado, maravilhosamente bem por Ian Mastin, esta literatura traz de maneira clara, agradável e comovente, o evangelho da salvação tanto para crianças quanto para adultos.


O livro ainda acompanha um Cd de Narração! Esta ferramenta de evangelismo tem transformado vidas de muitas pessoas ao redor do mundo, e despertado os que já conhecem esta verdade a anunciar a outros o Maravilhoso amor que o Cordeiro de Deus tem por nós!
Adquira já o seu: http://www.goodseed.com/products/lamb-ptg-book-eBook/

1 de set de 2011

Penetrado pela Palavra – John Piper


Por que você quer ir para o céu?

Para que você quer o perdão de Deus?

Essas questões são importantes por ser possível desejarmos perdão e vida eterna por motivos que comprovam que não os temos.”, diz Piper nesse livro (ênfase minha).

Não. Esse livro não é um livro sobre salvação e falsos crentes. Embora, direta ou indiretamente, ele aborde esses assuntos, “Penetrado pela Palavra” passa por muitos assuntos da vida cristã: oração, humildade, família, tentação sexual, medo, vergonha, fé, ira, etc.

O título do livro é inspirado no texto de Hebreus 4:12: “Porque a palavra de Deus é viva, e eficaz, e mais cortante do que qualquer espada de dois gumes, e penetra até ao ponto de dividir alma e espírito, juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e propósitos do coração.” (Ênfase minha).

Através de 31 curtas meditações, uma para cada dia do mês ;) , o leitor vai ter a Palavra de Deus aplicada, de uma maneira muito prática, a diversos aspectos da vida. A Palavra de Deus revela quem nós somos realmente e quais são nossas intenções.

Os capítulos são bem curtos, independentes e são ótimos para iniciar, por exemplo, um momento devocional. Como disse antes, ele é muito prático também. Eis o título de alguns dos capítulos:
“Bebendo suco de laranja para a glória de Deus”;

“Como experimentamos o amor de Deus no coração?”;

“Orações à hora das refeições da família Piper”.

Quando eu falo que o livro é muito prático olhe o que eu quero dizer: “Quando você é tentado sexualmente, você luta em sua mente para dizer não à imagem e se empenha, com vigor, para pensar em imagens com outra conotação...não devemos dar mais do que 5 segundos a uma imagem ou um impulso sexual ... nos dois primeiros segundos, dizemos: ‘Não! Saia da minha mente’. Nos dois próximos segundos, clamamos: ‘Ó Deus, em nome de Jesus, ajuda-me. Livra-me agora. Eu sou teu’...”

O autor dispensa comentários e já é bem conhecido dos brasileiros. Por falar nele, Piper vem ao Brasil esse ano. Vai pregar na Conferência da Fiel, na Universidade Mackenzie em São Paulo e no Rio de Janeiro também.

Você pode baixar o livro gratuitamente em pdf (ebook) na área “vip” do site da Editora Fiel ou comprá-lo também na loja virtual da editora.

24 de ago de 2011

Morte na panela – Hernandes Dias Lopes


Quando me interessei por ler este título do Rev. Hernandes, estava no calor de algumas discussões de EBD, sobre avivamento e o crescimento dos evangélicos no Brasil.

O IBGE 2000 trouxe alguns dados e demonstrou uma projeção que não é nada surpreendente para nós. Não é preciso projeções para provar o crescimento surpreendente dos evangélicos, isto é plenamente visível. O censo 2010 ainda não está completo, mas provavelmente comprovará essa projeção dos 55 milhões de evangélicos, que equivale a quase 20% da população. Há outra projeção, mais futurística que mostra que em 2022, cerca de 50% da população será de evangélicos.

A pergunta que foi levantada na sala e que faço de forma retórica aqui é: O crescimento do número de evangélicos é retrato de um possível avivamento brasileiro? Está claro que não.

Não há uma mudança de comportamento da sociedade, pelo contrário. Ao passo que crescem os evangélicos, inclusive na esfera política, crescem também os escândalos envolvendo estes. Nas palavras do próprio escritor

“A igreja hoje cresce em números, mas decresce em credibilidade. Ela tem extensão, mas não profundidade. Ela tem influência política, mas não tem poder espiritual. Ela tem carisma, mas não tem caráter. Ela tem muita adesão, mas pouca conversão.” 2009:17

Com todo este cenário preocupante, é fácil entender o porquê do título “Morte na panela”. Baseado no texto de II Reis 4:38-41, uma analogia bem aplicada entre a falta de alimento verdadeiro, nos tempos de Eliseu, na própria casa dos profetas, ocasião em que foi posto veneno como alimento, e a falta de alimento espiritual verdadeiro nos tempos atuais, ocasião em que é servido qualquer coisa, menos alimento nos púlpitos modernos.

Está claro que o crescimento evangélico é muito mais um inchaço a base de fermento do que um volume real, provocado pela conversão de vidas, através da verdade de Deus.

Não perca a oportunidade de ler este livro para entender esse fenômeno social. É um livro, pequeno de fácil leitura. Você pode adquirir aqui: Loja Virtual

19 de ago de 2011

O poder da nação que ora


Olá, pessoal...

Após um período de férias, aqui estamos nós, mais uma vez, para compartilharmos com vocês das nossas leituras. Será um prazer sentarmos e tomarmos uma xícara de café enquanto conversamos sobre cada leitura que fazemos.

E hoje, eu queria falar um pouco sobre um livrinho fininho, de bolso, mas com lições importantíssimas. Trata-se do livro “o poder da nação que ora”, de Omar de Souza e publicado pela Editora Mundo Cristão.

Quando li esse título na prateleira da Sociedade Bíblica do Brasil (SBB), logo me interessei em adicioná-lo à minha estante. E, afirmo, não me arrependo de ter adquirido. Sua linguagem é simples e consiste em pequenas orações por instâncias importantes do nosso país (governo, policiais, professores...). Às vezes nos empolgamos tanto em pedir por nós mesmos que esquecemos de rogar a Deus pela nossa nação.

“Orai sem cessar” (1 Ts 5.17), este é um dos mandamentos que o Deus mandou que fizéssemos. Interessante que a prática da oração deve ser incessante, isto é, diariamente, em todo tempo. Pudera... não há nada melhor que conversar com Deus, não tenho a menor dúvida disso.

Meu desejo é que a leitura deste pequeno livrinho sirva de encorajamento para que você ore mais pela nossa nação, pelo nosso Brasil que tanto precisa do Senhor Jesus Cristo.

Onde adquirir: Ed. Mundo Cristão

11 de ago de 2011

PESQUISA: O JOVEM CRISTÃO E O SEXO


A BEPEC (Bureau de Pesquisas e Estatísticas Cristãs) divulgou uma pesquisa recentemente que faz qualquer cristão ficar preocupado com os costumes da nossa sociedade evangélica, quando o assunto é sexualidade.

Foram duas pesquisas, uma entre casais e outra entre solteiros. Em ambas são reveladas práticas de levantar os cabelos, como por exemplo, práticas homossexuais por pessoas casadas, e prostituição elevada entre os solteiros.

Eu gostaria de demonstrar algumas dessas estatísticas aqui no blog.

Nos gráficos abaixo verificamos uma acentuada quebra do princípio de castidade entre os solteiros. Mas note também logo abaixo que existe um sobrepeso nos números causados pela juventude neo-pentecostal. Faço questão de apontar isso, porque a causa da quebra do princípio bíblico é muito mais comum quando uma igreja valoriza mais a “experiência” em detrimento do “conhecimento”. Mas, ainda que fosse excluído o grupo abaixo, ainda assim, o número continua desagradável. Será que as igrejas pararam de ensinar sobre o assunto? Há outras ainda que mantém seus tabus sobre isso. É hora de repensar o ensino em nossas igrejas.

Esses dados com certeza assustam. A pressão que a sociedade corrompida tem feito sobre os cristãos, utilizando-se de todos meios possíveis para promover o homossexualismo, está surtindo efeito entre os evangélicos.

Os dados abaixo, principalmente o topo da pesquisa já são os velhos conhecidos pecados que assediam a nossa juventude. Desde que existe “União de Treinamento”, “Reunião de jovens” e salas de EBD dos jovens, que os temas são falados. Mas é preciso persistência no ensino e na admoestação, na mesma medida em que o pecado persiste.

Não poderia deixar de indicar bons livros aqui para ajudá-los em relacionamentos saudáveis. Já publicamos aqui “Antes de Dizer Sim”, de Jaime Kemp; “Garoto encontra garota”, de Joshua Harris; e, “Namoro.com”, de Renato Vargens. Em todos estes você encontra o caminho para um relacionamento saudável. Não há inovação. Não precisa de mente criativa. Não necessita de nada “picante” para ser bom. Você só precisa se alinhar com os princípios bíblicos para ter um relacionamento agradável, para você, sua (seu) companheira (o) e Deus

A pesquisa completa em PDF, você encontra nestes links, para download:

Casados: http://www.bepec.com.br/pdf/ocrenteeosexo/crenteosexo.pdf

Solteiros: http://www.bepec.com.br/pdf/sexojovem/ocrenteeosexojovem.pdf

5 de ago de 2011

Sorteio Final - "O que é uma igreja saudável?"

Boa tarde, pessoal.

Esse é o ultimo sorteio da promoção 2, com o livro de Mark Dever, "O que é uma igreja saudável?". Mas não se preocupem, teremos outras promoções em breve. Não se esquecendo que ainda há mais dois livros da promoção 1, para serem sorteados. Continuem nos acompanhando.

Sorteio Final - Mark Dever from Celso de Souza on Vimeo.


Abraço fraternal.

27 de jul de 2011

A GUERRA PELA VERDADE - JOHN MACARTHUR


O texto abaixo é uma contribuição de Mateus Websky. Mais um amante da leitura cristã e conferencista da Editora FIEL.

A guerra pela verdade – lutando por certeza numa época de engano . John MacArthur. Escrito primeiramente para combater um movimento que vem ganhando força, chamado Igreja Emergente. Influenciados estes pelo pós-modernismo, o qual defende que não há verdade absoluta, não a podemos conhecer, mas que cada um teria a sua verdade e sua interpretação da realidade, e todas as verdades particulares devem ser aceitas e válidas. O que muitos não percebem é que estes pensamentos atacam o cerne da fé cristã, uma vez que Jesus disse ser o caminho, a verdade e a vida; bem como em outra ocasião orou por seus discípulos “santifica-os na verdade: a tua Palavra é a verdade”.

Baseia-se na epístola de Judas (fala sério: você já tinha estudado Judas antes?), o qual é claro e direto como um trompete chamando para a batalha, a qual não começou agora nem ontem, mas é desde o princípio dos tempos. Discorre desde a serpente no Éden até a grande apostasia profetizada para os últimos dias, passando pela história da Igreja, como por exemplo, os gnósticos e os arianos. A apostasia sempre está presente, dissimulada no meio da Igreja, e a Bíblia tem várias exortações aos cristãos lutarem nesta guerra que não é contra carne ou sangue.

Ainda, o autor não se esquiva de temas difíceis, mas os aborda fazendo todo o panorama claro ao leitor. Por exemplo: até que ponto devemos lutar pela verdade, a soberania de Deus até mesmo sobre o mal que há no mundo, o pecado imperdoável, ou de citar nominalmente os falsos mestres e heresias atuais.

Ao fim, o leitor poderá perceber que muito mais do que condenar a idéia atual de tornar o cristianismo elástico e atraente ao mundo, MacArthur nos dá um manual bastante completo de como sermos soldados contra falsos mestres e heresias que atacam as bases da fé. Porque a verdade é algo pelo que vale à pena lutar. Como identificar os erros introduzidos sorrateiramente. Qual é a recompensa àqueles que vencerem. Enfim, recomendadíssimo.

Em Cristo,
Mateus

22 de jul de 2011

Lula chama texto bíblico de bobagem


O texto abaixo é parte do texto publicado no blog http://www.alvarodias.blog.br/:
“O ex-presidente Lula interpretou, nesta quinta-feira, uma famosa passagem bíblica. Em Salvador, ele disse que é “bobagem” o que o Novo Testamento apregoa sobre a promessa de que o reino dos céus é para os pobres.  Bobagem, essa coisa que inventaram que os pobres vão ganhar o reino dos céus. Nós queremos o reino agora, aqui na Terra. Para nós inventaram um slogan que tudo tá no futuro. É mais fácil um camelo passar no fundo de uma agulha do que um rico ir para o céu . O rico já está no céu, aqui. Como se ainda estivesse ocupando a cadeira de presidente da República, fez um balanço de suas realizações na área da agricultura familiar. O ponto alto do seu discurso – foi quando resolveu criticar indiretamente o versículo 25, capítulo 18, do Evangelho de São Lucas, a parábola que Jesus fez sobre as dificuldades do rico alcançar o céu e a facilidade do pobre chegar lá (“Porque é mais fácil entrar um camelo pelo fundo de uma agulha do que entrar um rico no reino de Deus”). Ele insistiu:- Queremos que todo mundo vá pro céu, agora. Queremos ir pro céu vivo. Não venha pedir para a gente morrer para ir pro céu que a gente quer ficar aqui mesmo – disse. Segundo a Bíblia, o consolo dos pobres que levam uma vida terrena dura e de privações seria obter os “tesouros espirituais” quando morresse. [...]”
Não precisa de muito argumento para condenar as palavras do próprio ex-presidente. Ele por si já se condenou. Mas vejo nesse episódio uma tendência natural em todo o mundo, inclusive de alguns evangélicos, de mudar as verdades do livro sagrado a seu próprio favor, por vontade de aliviar a culpa de pecados, ou como no caso do ex-presidente, para satisfazer sua própria vaidade.

Cristãos verdadeiros, não abram mão do livro sagrado. Ele é a verdade, e só a verdade deste livro pode libertar a alma.

12 de jul de 2011

O que existe de especial no domingo?



Olá, pessoal!

A maioria de férias hein! É aquele tempo em que resolvemos dar uma organizada na vida pra começar o segundo semestre com toda energia bem distribuída. Muito bom!

Para muitos, as férias é motivo de um tempo de sobra pra ler um bom livro, o que muito nos alegra, pois é aqui que entramos com a nossa contribuição indicando bons livros para compor sua cabeceira.

Domingo, aqui na igreja que faço parte em Brasília, o pastor discorreu uma breve reflexão sobre o 4º mandamento da Lei de Deus e eu fiquei pensando... Deus é tão perfeito em seus desígnios e sabia tanto que os homens tentariam distorcer este mandamento, que ele o começou de forma diferente dos demais, ele disse: “Lembra-te”. Isto é, devemos constantemente nos lembrar que há um dia especial para a adoração a Deus. Não que os outros não sejam, mas Ele preza pelo ajuntamento solene de forma especial, por isso nos deixou mandamento explícito e recomendou que não nos esquecêssemos dele.

Em meados de 2008, trocando figurinhas com o Nick (grande colaborador do nosso blog), ele me escreveu a seguinte frase: “Creio que há uma razão pela qual o decálogo foi escrito em pedra e o resto da Lei em papel". Eu também creio assim, o que me leva a indicar a você a leitura do livreto “O que existe de especial no domingo?”, de Brian Edwards.

O livreto é pequenininho, pouquíssimas páginas. Eu li num pedacinho de tarde de um Dia do Senhor (domingo). Possui gênero textual em formato de entrevista e levanta as principais discussões que surgem em torno do assunto. Vale a pena lê-lo, tanto para reforçar suas convicções (contra ou a favor) quanto para aguçar seus argumentos.

Então, boa leitura e boas férias!
Adquira aqui.

8 de jul de 2011

NAMORO.COM - Pr. Renato Vargens


Olá pessoal.
Já falamos de dois livros referentes ao tema “Relacionamento amoroso”, entre eles, “Antes de dizer SIM”, de Jaime Kemp e “Garoto encontra Garota”, de Joshua Harris. Talvez alguém pense que esse tema já ta passado, todo crente em Cristo sabe o que fazer. É só não errar.
O tema é bem complexo, não simplesmente escolher-orar-namorar-noiva-casar. Para você ter uma idéia, o comentário do livro “Garoto encontra garota” é o segundo post mais procurando em nosso blog, com muitos leitores de outros países também.
Pensando nisso, quero indicar um livro que é de rápida leitura, é um pequeno manual do pastor Renato Vargens, NAMORO.COM. Ele trata de forma simples, assuntos como: namoro superficial, namoro pela internet, e em particular, um que me chamou a atenção, a importância de viver cada etapa no seu tempo certo. Este ultimo tópico é ideal pra trabalhar com adolescentes. Se você trabalha com grupo de adolescentes, ou tem filhos adolescentes, não perca a oportunidade de falar sobre esse assunto com eles, talvez até comprar este livro e dar de presente para eles. Lembre-se que, se a igreja do Senhor não ensina sobre esse assunto, o mundo o fará. Eles já estão bem expostos, por causa das amizades, e até mesmo do desvirtuado ensino de alguns professores, além da internet , e da TV.
Por falar em internet, há muitos adolescentes que se envolvem em relacionamentos amorosos pela internet, sem o conhecimento dos pais. Há uma pesquisa feita com nos estados unidos apontado que 60% dos adolescentes entre 13 e 17 anos fizeram amizades pela internet, outro estudo aponta que 1 a cada 3 crianças que navegam, preferem muito mais suas amizades virtuais. O perigo corre porque essas amizades aos pais são invisíveis.
Esteja sempre bem informado, leia literaturas que te ajudem a crescer, mas leia para ajudar o próximo também.
A equipe B.L. vai ter o prazer de ser útil ao próximo nesse exato momento.
Vamos aproveitar e sortear esse livro do Pr. Renato Vargens.
Acesse o vídeo e saiba se você foi o vencedor:
Sorteio NAMORO.COM from Celso de Souza on Vimeo.

Boa leitura, grande abraço.

2 de jul de 2011

Resultado do 4º sorteio do livro de Mark Dever

Olá pessoal.

Cá estamos novamente para anunciar mais um vencedor do livro "O que é uma igreja saudável" de Mark Dever. Aproveitamos o post para informar que o sorteio da promoção 1, não ocorreu essa semana, como deveria ter sido, mas o faremos na semana que vem.

Veja no vídeo o resultado final:


Untitled from Celso de Souza on Vimeo.


Grande abraço a todos.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...