30 de set de 2011

Torturado por sua fé - Haralan Popov

Olá, nobres leitores,

É com grande pesar no coração que nós, cristãos brasileiros, assistimos nesses últimos dias ao relato sobre o Pr. Youcef Nadarkhani, que foi condenado à Pena de Morte no Irã, caso não negasse a Cristo Jesus como Soberano Senhor e Salvador do mundo.
Este relato me faz lembrar bastante o Pr. Haralan Popov, que é um cristão severamente perseguido na Bulgária. Interessante notar que sempre achamos que este tipo de perseguição se limitou aos pais da igreja, ou aos revolucionadores da reforma protestante, quando na verdade, muitos cristãos estão sendo perseguidos na atualidade.
Somos privilegiados aqui no Brasil. Ainda temos a benção de proclamarmos o Senhor Jesus Cristo sem que sejamos condenados à morte. Mas talvez essa liberdade religiosa esteja por triz e logo logo tenhamos de nos reunir debaixo das catacumbas, como muitos irmãos romanos fizeram no passado.
Por isso, encorajo você a se debruçar no maior número possível de biografias como as do Pr. Haralan, de pessoas que não temeram a homens, mas estiveram dispostos a dar a própria vida pelo nome do Senhor Jesus Cristo. Suas vidas, certamente, são motivos de exemplos para todos nós. E quando a adversidade chegar para nós, como chegou para o Pr. Youcef Nadarkhani, ouçamos a consolação do Espírito Santo de Deus:
“...Alegrai-vos na medida em que sois co-participantes dos sofrimentos de Cristo, para que também, na revelação de sua glória, vos alegreis exultando. Se, pelo nome de Cristo, sois injuriados, bem-aventurado sois, porque sobre vós repousa o Espírito da glória e de Deus. Não sofra, porém, nenhum de vós como assassino, ou ladrão, ou malfeitor, ou como quem se intromete em negócios de outrem; mas, se sofrer como cristão, não se envergonhe disso; antes, glorifique a Deus com esse nome”. (1 Pedro 4.13-16)

Adquira aqui

29 de set de 2011

Sentença de Pr Youcef Nadarkhani pode ser revogada


Queridos amigos,

Estamos em estado de URGÊNCIA pedindo a todos que preencham o abaixo-assinado para o EMBAIXADOR DO IRÃ em favor do nosso irmão YOUSEF.

Atenção para as orientacoes de como fazer:

1) vc deve abrir nesse link: ( Clique aqui)
2) preencha os espaços requeridos com seus dados pessoais: nome, sobrenome, endereço, Cidade, CEP e email.
3) no espaço onde está escrito ADD YOUR MESSAGE HERE, copie e cole o email abaixo (favor, nao acrescentar nada alem do que já está escrito)

Your Excellency, the Ambassador of Iran

Dear Sir,

Along with many other people around the world, I have been following with great concern the case of Pastor Yousef Nadarkhani, who is being tried by a court in Rasht due to his religious beliefs.

I am writing to express my concern and hope that the court will drop all charges against Pastor Yousef, in accordance with international law and especially Iranian law and constitution, which clearly allows freedom for Christians to maintain their religious beliefs and practices.

I am also requesting Your Excellency to pass on my appeal and that of many others to the Iranian government, as a matter of great urgency in this case, so that an innocent person may not be condemned and the constitution of Iran may not be violated.

I am very grateful for your attention to this request.

Respectfully and sincerely,

4) Quando preencher todas as linhas, envie seu email ( send YOUR email)


Entenda o caso:

Poucos dias depois que o Irã libertou dois norte-americanos acusados de espionagem no país, um tribunal iraniano confirmou a acusação de apostasia contra o pastor Yousef Nadarkhani e sentenciou à morte.

O tribunal da província de Gilan determinou que o pastor Nadarkhani devia negar sua fé em Jesus Cristo, pois ele vem de uma família de ascendência islâmica. O SupremoTribunal do Irã disse anteriormente que não deveriam determinar se o pastor Yousef tinha sido muçulmano ou não em sua conversão.

No entanto, os juízes exigiram que ele se retratasse de sua fé em Cristo antes mesmo de terem provas contra ele. Os juízes afirmaram que, embora o julgamento vá contra as atuais leis iranianas e internacionais, eles precisam manter a decisão do Tribunal Supremo em Qom.

Quando pediram a ele para que se “arrependesse” diante dos juízes, Yousef disse: “Arrependimento significar voltar. Eu devo voltar para o quê? Para a blasfêmia que vivia antes de conhecer a Cristo?” Os juízes responderam: “você deve voltar para a religião dos seus antepassados, deve voltar ao Islã”. Yousef ouviu e respondeu: “Eu não posso fazer isso.”

Família:

O pastor Yousef conseguiu ver seus filhos pela primeira vez desde março. Ele estava de bom humor e falava de sua enorme vontade de servir a Igreja depois que fosse libertado da prisão.

O pastor Yousef enfrentará duas “audiências’ adicionais hoje (27) e amanhã (28 de setembro) com o propósito principal de o fazerem negar sua fé cristã. Os advogados do pastor Yousef tentarão apelar para que revejam a sentença, mas se o tribunal agir segundo sua própria interpretação da Sharia (lei islâmica), Yousef pode ser executado amanhã.

Tecnicamente, não há mais direitos para recursos e sob a interpretação da lei da Sharia, o pastor Yousef tinha direito a três chances de se retratar. Amanhã será sua última chance de se retratar. Depois, ele poderá ser executado a qualquer momento.

Ore pelo pastor Yousef Nadarkhani, para que Deus o proteja e o livre da sentença de mortee possa ser liberto da prisão. Envolva mais pessoas para, juntos, intercedermos pelo nosso irmão.
  
Publicado originamente no Pulpito Cristão.

23 de set de 2011

Manuel, o Índio Diplomata – Hugh Stevens



Esse livro é muito especial para mim. Talvez foi o primeiro da minha biblioteca. Ele é especial também por causa da pessoa que meu deu. Foi o Pr Ricardo Denham, fundador da Editora Fiel. Eu era um jovem de 13 anos recém convertido quando recebi o livro de suas mãos. A dedicatória diz o seguinte: “Para o jovem irmão Nicolas. Jesus disse: “àquele a quem muito foi dado, muito lhe será exigido; e àquele a quem muito se confia, muito mais lhe pedirão.” Lc 12:48 - ass. pr Ricardo 16/04/1996”.

Nessa época a ed. Fiel já tinha publicado centenas de livros. Pr. Ricardo poderia escolher qualquer livro para me oferecer. Eu fico me perguntando por que ele me ofereceu esse? E por que ele colocou esse versículo na dedicatória?

O livro conta a história de Manuel, um índio mexicano da tribo Totonaca. Ainda menino foi salvo pelo evangelho de Cristo através de missionários na sua aldeia. O povo Totonaca é um povo supersticioso, oprimido pelo alcoolismo e pela pobreza. Manuel foi estudar na cidade. Era muito inteligente. Seu esforço e talento o fizeram chegar ao topo: uma bolsa de estudo no MIT. Essa é simplesmente a melhor escola de engenharia do mundo!

Mas Manuel teve que rejeitar essa oferta, pois Deus o estava chamando para voltar para sua tribo. A necessidade de terminar a tradução do Novo Testamento era urgente e ele precisava ajudar. Depois de terminar o trabalho Manuel voltou a estudar. Tornou-se professor universitário, falava 6 línguas e era respeitado em mais de 25 países. Mas ainda sim, ele resolveu voltar. Regressou ao seu povo e, com muitas dificuldades, fundou uma escola bíblica.

Manuel não perdia as oportunidades. Quando Deus o chamava a seguir a carreira secular ele o fazia com todas as suas forças. Quando Deus o chamava a voltar ao seu povo ele o fazia também com muito empenho. Agora, o que chama a atenção é que ele não perdia as oportunidades de pregar o evangelho! O livro é cheio de histórias de conversões surpreendentes.

Manuel recebeu muito de Deus e devia saber que muito lhe seria cobrado. Ele fez o seu dever e não perdeu as oportunidades. Creio que era isso que o Pr. Ricardo queria me ensinar. Eu também tinha recebido muito, tive muitas oportunidades e acima de tudo tinha recebido a salvação pelo evangelho de Cristo!

A Ed. Fiel tem sido usada por Deus para trazer boa doutrina para pastores e líderes. Tenho ouvido pastores cujos ministérios foram transformados por recuperarem as maravilhosas doutrinas bíblicas que nossos irmãos reformadores tanto lutaram para resgatar.

Porém muita gente pensa que o fundador da Fiel é um grande teólogo que só fala de reforma protestante e de teorias teológicas. Para falar a verdade eu nunca ouvi Pr. Ricardo falar de doutrina, rebuscadamente. Mas o ouvi muitas vezes falar do simples evangelho! Em uma dessas vezes, Deus me salvou! Era comum ele encontrar uma pessoa pela primeira vez e, assim como o índio Manuel, perguntar: “como vai sua alma?”. Eu tive o privilégio de ouvir muitas histórias de conversões quando ele e dona Pérola eram missionários nos rios da Amazônia na década de 50. Ele aproveitou as oportunidades de, através da literatura e boa doutrina, ajudar a reformar a igreja brasileira. Mas não perdia as oportunidades também para pregar o maravilhoso e simples evangelho de Cristo!

Você pode adquirir o livro na loja da Editora Fiel.

14 de set de 2011

Ensinando para transformar vidas – Howard Hendricks


O que ensina, esmere-se no fazê-lo. Rm 12.7a

Já parou pra pensar na responsabilidade que é ser um professor bíblico? Quando um professor está em sala de aula, ele é um porta-voz de Deus aos que estão presentes. Além disso, a Bíblia diz que eles serão cobrados com maior rigor pelo papel que desempenham (Tiago 3:1).

Se você, assim como eu, tem como ministério o ensino da palavra de Deus na EBD, classe infantil, discipulado etc., e deseja servir com amor e esmero, indico a leitura do livro Ensinando para transformar vidas, de Howard Hendricks – Editora Betânia.

A leitura da obra foi requisito de uma disciplina no Seminário. E, apesar da motivação ter surgido de uma obrigação, foi um grande prazer devorar cada uma das dicas que o autor nos dá, pois minhas expectativas quanto a sua leitura eram superadas página a página.

Hendricks, com base na Santa Palavra e por meio de seu testemunho pessoal, nos leva a entender lições que ajudam a melhorar nosso desempenho enquanto professores. Sua proposta inicial é fornecer sete leis que, aplicadas corretamente, nortearão a forma de ensino:
1. Lei do professor;
2. Lei do ensino;
3. Lei da atividade;
4. Lei da comunicação;
5. Lei do coração;
6. Lei da motivação;
7. Lei da preparação prévia.

A base para o entendimento desses ensinamentos é a consciência de que o ensino bíblico não é apenas um repasse de informação, mas um impulsionador de transformação. Trabalhamos não para lotar de conteúdo a cabeça de nossos alunos, mas para que aquele conteúdo cause impacto em suas vidas.

Cada uma dessas leis é tratada separadamente em um capítulo recheado de aplicações práticas e testemunhos e, ao final de cada etapa de leitura, o autor nos fornece uma atividade de reflexão e avaliação de nosso serviço enquanto professores.

É um texto bem democrático, pois seus princípios podem ser aplicados em classes de qualquer faixa etária e maturidade espiritual podendo, inclusive, servir de orientação para quem é professor por profissão também, uma vez que suas observações não são necessariamente voltadas apenas para a Igreja. Hendricks é um professor universitário conceituadíssimo.

Recomendo mesmo a todos os professores seguidores do Baluarte que tenham a feliz experiência de ler este livro, que influenciou positivamente meu modo de ensinar a palavra de Deus. Desde já, desejo uma ótima leitura e deixo meus votos de tornarmos nossas aulas momentos especiais, oportunidade em que somos agentes do Senhor na transformação de vida dos nossos alunos.

“Nossa tarefa não é causar uma boa impressão naqueles a quem ensinamos, mas provocar neles um impacto. Não é apenas convencê-los, mas levá-los a uma transformação de vida”. Howard Hendricks

Foi um prazer! Em Cristo, Deborha.

Este texto é uma contribuição de Deborha Rodrigues, membro da igreja Batista Bíblica em Jurema, Fortaleza, Ceará

6 de set de 2011

O Cordeiro – John R. Cross

Shalom leitores,

Hoje é feriado, OBA!

Ah! O mês de setembro! Para muitos da nossa nação brasileira, esse mês, é um mês de celebração pelos grandes feitos de um príncipe regente, um verdadeiro ‘herói’ que no seu cavalo branco, às margens do riacho Ipiranga, proclamou um... um... feriado?! OPS! NÃO! NÃO! Bom, não é bem assim, o fato é que nós, como brasileiros comemoramos hoje, um vulto histórico, uma manifestação do ideal de ‘independência nacional’, que nos faz sentirmos livres, independentes ou no mínimo relaxados dos nossos afazeres, afinal é feriado! =P.

O que poucos sabem, é que este marco importante para nossa nação, reluta contra o senso comum o qual eterniza D Pedro I, o “valoroso e altruísta príncipe, capaz de sacrificar a própria vida em nome da independência nacional.” Poucos livros de história contam de fato, o que aconteceu ‘por trás dos panos’. E, o que a nós parece um grande feito, para a coroa portuguesa foi apenas a concretização dos ideias da elite agrária e da aristocracia que desejavam o rompimento dos laços coloniais, sem obviamente, afetar a sociedade e a economia da nação. Que espertos hein?!

É, a história nem sempre é justa, e muitas das vezes superlativizam homens com seus feitos, tornando-os heróis. E como a história humana é falha e corrupta, nota-se inúmeras omissões de fatos verídicos, ofuscando o brilho merecido por outros. Importantes ou não, tais ‘heróis’ trouxeram resultado para a sociedade mas seus impactos foram temporários, relativizados ou esquecido, e isso todos nós reconhecemos, mas vamos deixá-los para que a história e seus historiadores os julguem.

Houve, há, e haverá na história um verdadeiro herói que não é apenas fruto da imaginação humana, ou concretização de um plano de uma coroa, não um simples libertador. Tal homem, a história não conseguiu apagar ou enterrar. Depois deste herói, o mundo jamais foi o mesmo, pois seus feitos ultrapassam os séculos e alcançam a própria eternidade. “Pois, qual dos homens é suficientemente poderoso para escapar da morte? Que evoquem príncipes e princesas, reis e rainhas, “Pedros e Napoleões”, Catarinas e Elizabetes”. Ninguém, a despeito de qualquer vantagem que supostamente possuam sobre os menos favorecidos, pode escapar da morte. “

Esse grande herói incomum, escapou. Ele VENCEU a morte, e é claro que você leitor, já sabe a quem me refiro, seu nome é Jesus! Este sim, nos trouxe o sentido da verdadeira liberdade, e independência. “Nos libertou do império das trevas e nos deu perdão e paz.” Jesus Cristo, o cordeiro de Deus, se fez carne e habitou entre nós.


E é sobre esse Cordeiro que nos trouxe liberdade, que o livro, o qual indico esta semana, se refere. Escrito por John Cross e ilustrado, maravilhosamente bem por Ian Mastin, esta literatura traz de maneira clara, agradável e comovente, o evangelho da salvação tanto para crianças quanto para adultos.


O livro ainda acompanha um Cd de Narração! Esta ferramenta de evangelismo tem transformado vidas de muitas pessoas ao redor do mundo, e despertado os que já conhecem esta verdade a anunciar a outros o Maravilhoso amor que o Cordeiro de Deus tem por nós!
Adquira já o seu: http://www.goodseed.com/products/lamb-ptg-book-eBook/

1 de set de 2011

Penetrado pela Palavra – John Piper


Por que você quer ir para o céu?

Para que você quer o perdão de Deus?

Essas questões são importantes por ser possível desejarmos perdão e vida eterna por motivos que comprovam que não os temos.”, diz Piper nesse livro (ênfase minha).

Não. Esse livro não é um livro sobre salvação e falsos crentes. Embora, direta ou indiretamente, ele aborde esses assuntos, “Penetrado pela Palavra” passa por muitos assuntos da vida cristã: oração, humildade, família, tentação sexual, medo, vergonha, fé, ira, etc.

O título do livro é inspirado no texto de Hebreus 4:12: “Porque a palavra de Deus é viva, e eficaz, e mais cortante do que qualquer espada de dois gumes, e penetra até ao ponto de dividir alma e espírito, juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e propósitos do coração.” (Ênfase minha).

Através de 31 curtas meditações, uma para cada dia do mês ;) , o leitor vai ter a Palavra de Deus aplicada, de uma maneira muito prática, a diversos aspectos da vida. A Palavra de Deus revela quem nós somos realmente e quais são nossas intenções.

Os capítulos são bem curtos, independentes e são ótimos para iniciar, por exemplo, um momento devocional. Como disse antes, ele é muito prático também. Eis o título de alguns dos capítulos:
“Bebendo suco de laranja para a glória de Deus”;

“Como experimentamos o amor de Deus no coração?”;

“Orações à hora das refeições da família Piper”.

Quando eu falo que o livro é muito prático olhe o que eu quero dizer: “Quando você é tentado sexualmente, você luta em sua mente para dizer não à imagem e se empenha, com vigor, para pensar em imagens com outra conotação...não devemos dar mais do que 5 segundos a uma imagem ou um impulso sexual ... nos dois primeiros segundos, dizemos: ‘Não! Saia da minha mente’. Nos dois próximos segundos, clamamos: ‘Ó Deus, em nome de Jesus, ajuda-me. Livra-me agora. Eu sou teu’...”

O autor dispensa comentários e já é bem conhecido dos brasileiros. Por falar nele, Piper vem ao Brasil esse ano. Vai pregar na Conferência da Fiel, na Universidade Mackenzie em São Paulo e no Rio de Janeiro também.

Você pode baixar o livro gratuitamente em pdf (ebook) na área “vip” do site da Editora Fiel ou comprá-lo também na loja virtual da editora.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...